Algoritmo do Google: o que é? Como funciona?

Algoritmo do Google - o que é - como funciona

Se você ingressou no mundo do Marketing Digital já deve conhecer o termo Algoritmo do Google. Porém, fica a dúvida sobre o que ele é e como funciona na prática.

Para ser destaque no mercado é preciso conhecer bem as tendências de marketing. Saiba o que é um Algoritmo do Google e por que ele é importante para sua estratégia online.

O que é o Algoritmo do Google?

Um Algoritmo do Google é um programa que avalia a relevância de uma página online para os usuários. Isso significa que o Google possui fórmulas específicas para saber qual conteúdo responde melhor à dúvida feita no mecanismo de pesquisa.

Porém, não pense que existe apenas uma forma de avaliar uma página. São mais de 200 algoritmos que são atualizados diariamente. Todos eles são aplicados para filtrar os sites e oferecer a melhor solução para a dúvida dos internautas.

Por isso, é essencial otimizar seu site para que ele seja bem ranqueado nas pesquisas. Os processos de SEO existem para trabalhar nesse ponto. Assim, sua página terá mais chances de ser vista na web.

Além disso, o Google também avalia a qualidade e frequência de produção de conteúdo. Quanto mais visitas seu blog conseguir, maiores são as chances de ele estar na primeira página do buscador. Logo, estando nos primeiros resultados, mais possíveis clientes podem chegar à sua empresa.

Como funciona o Algoritmo do Google?

Um algoritmo funciona indexando e salvando todas as páginas da internet em sua base. Então, os programas traçam rotas de pesquisa para fazer a filtragem dos artigos em milésimo de segundos.

Essa análise é feita a partir das palavras-chaves, data, idioma, assunto e país. Com isso, o Google consegue refinar os resultados de busca. Depois dessa filtragem, entram em ação cada Algoritmo do Google para definir qual a página mais relevante. Veja alguns deles:

PageRank

Esse algoritmo do Google define o posicionamento de uma página. Ele é responsável por ranquear um resultado e definir quais serão os primeiros. O PageRank trabalha com a quantidade de conteúdos postados e com a qualidade dos links.

Mobile friendly

Grande parte dos acessos a sites e blogs vem de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Por isso, esse Algoritmo do Google avalia se o conteúdo de uma página oferece uma boa experiência do usuário em pequenas telas.

Penguin

O Penguin avalia como é feito o link building de um website. Ele consegue ler os backlinks que apontam para sua página e vê se quais são legítimos. Caso ele considere que houve spam ou black hat, há uma penalização para o seu site.

Panda

Esse Algoritmo avalia a qualidade de um conteúdo. Quando um blog ou website oferece artigos que não são originais ou com explicações vagas, o Panda não permite um bom ranqueamento. Até mesmo os conteúdos duplicados no próprio site são penalizados por ele.

Rankbrain

O Rankbrain utiliza a inteligência artificial para avaliar quais serão os links com melhor posicionamento. Esse Algoritmo é o responsável pela compreensão de semântica nas pesquisas. Isso quer dizer que se sua palavra chave for “brinquedos para cachorro” ele também entenderá “brinquedos para cães” e “brinquedos caninos”.

Esses são alguns exemplos dos Algoritmos do Google. Porém, é sempre bom lembrar que existem mais de 200 fatores que são levados em conta. Por isso, ter a ajuda de um especialista em SEO é fundamental. Assim, sua página consegue um bom posicionamento e atrairá mais clientes.

Gostou do artigo? Então não deixe de compartilhar em sua rede social favorita. Com certeza, esse conteúdo pode ajudar muitos amigos.