Automação de Marketing

Dizem por aí que a propaganda é a alma do negócio. Conforme o negócio cresce, as responsabilidades e a demanda aumentam. Torna-se cada vez mais impraticável manter a “alma do negócio” de forma exclusivamente humana.

Se você trabalha com marketing, com certeza sabe como a rotina pode ser pesada. Elaborar estratégias, gerar conteúdo, gerenciar as ações e a relação com os clientes não é fácil. E o maior problema não é o cansaço e estresse consequente de tantas responsabilidades, mas como esse excesso atrapalha a perfeição.

Todos sabemos que não é possível desempenhar múltiplas tarefas ao mesmo tempo com êxito. Podemos até tentar, mas os resultados não serão tão bons.

A questão é: no mundo contemporâneo, não é possível diminuir a quantidade de tarefas que devem ser executadas. A solução é outra. É a automação.

O que é automação de marketing

O marketing não fica de fora. Muito pelo contrário. Pode soar incoerente, afinal, o marketing deveria ser criativo e humano por natureza.

O que acontece é: hoje em dia, as estratégias publicitárias abrangem diversos canais e envolvem interagir com os clientes em potencial onde e quando for mais conveniente para eles. Isso pode ser a qualquer hora e em qualquer lugar. Ou seja, o marketing é uma “engrenagem que nunca para de funcionar”.

Para otimizar e facilitar a realização dessas estratégias, temos a automação de marketing. São softwares e recursos que, alinhados ao inbound marketing, desempenham ações repetitivas de marketing de forma automatizada e personalizada, com base em dados e no comportamento dos leads.

Mas o que é inbound marketing? E o que são leads? Para compreender melhor a demanda por automação, antes precisamos entender esses conceitos e, consequentemente, onde a automação atua.

O inbound marketing e a automação

O inbound marketing é um modelo de marketing digital que visa oferecer conteúdo de qualidade que vá de encontro com as necessidades do público.

O foco desse modelo é a fidelização de clientes dentro de uma estratégia passo a passo, direcionada ao público-alvo específico de cada empresa, que tem como base a oferta de conteúdo e ações que levam ao engajamento dos clientes.

A estratégia de fidelização do inbound marketing gira em torno de quatro etapas: atrair, converter, fechar e cativar. O cliente em potencial evolui para visitante, lead, cliente e, por fim, defensor da marca. A automação acontece nas ações realizadas dentro de cada etapa da estratégia.

Veja bem, essa estratégia é um processo incessante que envolve sempre atrair novos leads e trabalhar em cima da fidelização daqueles que já estão familiarizados com a marca. O momento certo para atuar depende da realidade dos consumidores.

Ainda que eles possam ser categorizados como uma buyer persona, ou seja, uma idealização do seu público-alvo, cada cliente não deixa de ser um indivíduo.

Cada ação deve ser executada pontualmente, com o conteúdo certo para engajar o cliente. E esse é um processo inteligente e interminável. A promessa da automação é facilitar esse trabalho, otimizando cada uma das etapas ao automatizar as ações.

Uma das principais ferramentas é a interação com os leads, ou seja, visitantes do seu site ou e-commerce cujas informações de contato você tem. Um lead é basicamente um “cliente muito potencial”. Ele permite que você se comunique com ele, o seu dever é tornar essa comunicação o mais vantajosa possível.

Até aí, o certo parece ser interagir de maneira humana para melhor engajar o lead, não é? Esse pensamento não está errado, a questão é: uma empresa de sucesso não terá apenas um lead. O ideal é ter muitos e muitos contatos diferentes, e isso torna praticamente impossível manter uma comunicação constante manualmente.

A automação atua nas ações repetitivas, como o envio de comunicados e mensagens aos leads, permitindo que a “alma do negócio” continue funcionando incessantemente, sempre atraindo e engajando mais clientes.

Por que você precisa da automação de marketing

A automação de marketing faz mais do que desempenhar algumas tarefas repetitivas que seriam executadas manualmente. É ainda melhor.

Pense, por exemplo, em uma lista de e-mail marketing. Caso você tivesse que fazer todas as comunicações manualmente, dificilmente seria capaz de diferenciar com exatidão as características individuais de cada membro da lista.

Como você saberia quais são os clientes em potencial e quais são os clientes fiéis? E os interesses de cada um? Possivelmente, você tentaria acompanhar essas informações com uma planilha, mas seria um processo complicado. Não seria rápido ou prático.

A automação de marketing é capaz de categorizar os membros da lista de e-mails com facilidade e enviar comunicações personalizadas, que se encaixam nas necessidades e interesses de cada lead. O objetivo de enviar comunicações “humanas”, de qualidade, não se perde, apenas é automatizado.

Ao incorporar a automação de marketing à sua estratégia, você pode “turbinar” todas as etapas de fidelização do inbound marketing e gerar ainda mais conversões. Você economiza tempo e ganha mais dinheiro. Tudo fica mais rápido e mais eficiente.

Além disso, a automação de marketing não se resume a e-mails. Ela atua em todos os canais e ações presentes na sua estratégia com base nos dados e objetivos definidos por você.

É importante enxergar a automação de marketing como uma solução integrada. Ela existe para atender às demandas do marketing digital no mundo contemporâneo, conforme as tarefas que precisam ser executadas se tornam demais para apenas uma pessoa desempenhar com êxito.

Cuidados com a automação de marketing

Utilizar a automação não significa parar de trabalhar. Ela auxilia o seu trabalho. É alimentada pelos dados de CRM (Client Relationship Management, Gestão de Relacionamento com o Cliente) da sua empresa e direcionada pelos seus objetivos. Se bem gerenciada, pode ir longe e obter excelentes resultados.

Um gerenciamento ruim obtém resultados tão medíocres quanto os de um trabalhador exausto, que apenas desempenha suas funções mecanicamente. A automação de marketing bem alimentada funciona de forma inteligente.

Um bom uso da automação de marketing tem como objetivo se beneficiar da sua inteligência e praticidade, que facilita, acelera e aumenta a eficácia do trabalho, sem se desvincular do elemento humano.

Para alcançar o successo com a automação, você deve integrar todas as etapas de fidelização do inbound marketing. Elabore uma estratégia, defina objetivos inteligentes e, então, utilize os recursos da automação, já bem nutrida com os seus dados, para auxiliá-lo nesse processo.

Assim, você consegue impulsionar e acompanhar o crescimento da sua empresa, gerando e nutrindo cada vez mais leads.