Links patrocinados (Adwords)

Você quer obter destaque para os seus anúncios? Os links patrocinados (PPC) são uma maneira simples e eficaz de dar visibilidade ao seu negócio, anunciando para o seu público-alvo quando eles mais precisam de você.

Como isso é possível? Para entender melhor os links patrocinados, vamos contar a história desde o começo. Aprenda o que é inbound marketing.

Links patrocinados (Adwords) e o inbound marketing

No marketing digital, as ferramentas de busca têm um papel crucial. Com toda a estrutura proporcionada pela internet, as pessoas têm muito mais poder de escolha sobre o que consomem hoje em dia.

Em vez de aceitar passivamente as propagandas oferecidas, o consumidor pode correr atrás daquilo que procura utilizando ferramentas de busca como o Google.

Essa revolução da informação deu origem ao inbound marketing, um modelo de marketing que difere do tradicional por visar um público-alvo específico de acordo com o perfil das empresas e divulgá-las exatamente quando seus clientes em potencial buscam o produto que elas oferecem.

Com essa metodologia, sua empresa conquista a confiança dos seus clientes em potencial e os fideliza passo a passo.

E o que os links patrocinados têm a ver com isso? Para começo de conversa, eles estão no topo dos resultados de busca. A posição mais privilegiada, com mais destaque. E quem vê esses resultados? O público-alvo que você escolher, na região que você escolher. Quando eles vêem esses resultados? Ao pesquisar as palavras-chaves que você comprar.

Opa, palavras-chave? Como assim? Agora sim podemos começar a entender melhor os links patrocinados.

O que são os Links patrocinados (Adwords)

Os links patrocinados são basicamente os anúncios que aparecem nos resultados de busca. Ao pesquisar, por exemplo, “roupas de banho”, os resultados serão divididos entre os anúncios e os resultados orgânicos ou naturais. Em outras palavras, parte dos sites e e-commerces paga para estar ali e a outra conseguiu sua posição naturalmente.

Como você pode observar, os anúncios são os resultados com maior destaque.

Para conseguir essa posição de destaque, o primeiro passo é se inscrever no programa de links patrocinados da ferramenta de busca desejada, como o Google Adwords, e preencher as informações necessárias para criar o seu anúncio. Isso inclui a quantia que está disposto a pagar por dia, o idioma e a região do seu anúncio, o serviço que oferece e as pesquisas em que seu anúncio aparecerá.

Quanto custa investir em Links patrocinados (Adwords)

O interessante sobre os links patrocinados é o seu custo. Os anúncios funcionam em um sistema de CPC (custo por clique), ou seja, você paga apenas pelas visitas ao seu site geradas pelo anúncio.

Vamos supor que você criou um anúncio que não recebeu nenhum clique. Sem cliques, não há custo. Você não pagaria nada. Zero. Esse é um cenário improvável e pessimista, mas, com os links patrocinados, mesmo a pior das hipóteses tem um lado positivo.

Agora, como esse custo é calculado? O sistema de CPC funciona com leilões de palavras-chave, que são as palavras usadas em cada pesquisa específica. “Roupas de banho” é uma palavra-chave, por exemplo.

Então, em resumo, assim como em leilões tradicionais os participantes devem fazer lances nos produtos de seu interesse, e o participante com o maior lance ganha o direito de comprá-lo, no CPC, os sites que têm interesse de exibir seus anúncios nos resultados de busca de uma palavra-chave específica devem fazer um lance por essa palavra-chave.

Os leilões de links patrocinados do Google Adwords

O Google Adwords, a plataforma referência para links patrocinados, têm leilões com uma estrutura específica. A primeira etapa é semelhante ao leilão tradicional, os anunciantes fazem lances com o valor que estão dispostos a pagar pela palavra-chave. As diferenças começam a partir daí.

Nos leilões do Google Adwords, você precisa pagar apenas o suficiente para ganhar da concorrência. Para ilustrar, imagine um leilão com os concorrentes A, B, C e D. Eles fizeram lances de R$ 4, R$ 3, R$ 2 e R$ 1, respectivamente.

O valor proposto define os “ganhadores” do leilão, mas eles só pagam o segundo valor mais alto. Dessa forma, o concorrente A, com o lance mais alto no valor de R$ 4, só paga R$ 3. O concorrente B, por sua vez, paga apenas R$ 2, e assim por diante.

 

Como no Google há espaço para mais de um anúncio por pesquisa, o leilão faz parte de uma seleção que classifica a ordem em que os anúncios aparecerão no resultado de pesquisa, o Ad Rank. Dessa forma, levando em conta apenas o leilão, quanto maior o seu lance, melhor seria a sua classificação. Mas não é bem assim que acontece.

Ad Rank de links patrocinados

Devido à preocupação do Google com a qualidade, diversos fatores são levados em conta no Ad Rank. Esses fatores determinam a qualidade e relevância dos anúncios, para que apenas o melhor conteúdo de sites seja exibido na primeira página dos resultados de pesquisa.

Além dos lances do leilão, os fatores incluem a taxa de cliques, a qualidade da landing page, isto é, a página para onde os visitantes são redirecionados ao clicar no anúncio, a relevância e o formato do anúncio.

 

Todos esses fatores combinados resultam em uma espécie de pontuação que determina a ordem dos anúncios nos resultados de busca, e essa ordem pode ser radicalmente diferente do que seria se apenas o leilão fosse considerado.

Pense novamente nos concorrentes A, B, C e D. A fez o lance mais alto, B o segundo mais alto e assim por diante. O que não havíamos levado em consideração era a qualidade dos anúncios de cada um.

Imagine o anúncio de A tem baixa qualidade e o formato mais básico possível. B, por outro lado, tem um anúncio de alta qualidade com formato pouco interessante. C se destaca com um anúncio de alta qualidade e ótimo formato. O anúncio de D é mediano.

Combinando os fatores qualidade, formato e valor do lance, o Ad Rank resultante teria essa ordem: C, B, D e A. Consequentemente, o anúncio de baixa qualidade de A não apareceria nos resultados de busca.

Apesar da metodologia do Google Adwords não permitir que um simples pagamento defina sozinho a sua posição, não há motivo para preocupação se o seu conteúdo é de qualidade.

Por isso, no mundo do marketing digital, é sempre importante oferecer o melhor conteúdo possível e não subestimar a concorrência.

Por que investir em Links Patrocinados

Falamos muito e explicamos todos os conceitos básicos que você precisava saber sobre os links patrocinados, mas vamos ao que interessa. Por que vale a pena investir neles?

  • O investimento em links patrocinados cabe no seu bolso. Além de pagar apenas pelos cliques, você escolhe quanto está disposto a pagar em seu orçamento diário
  • Seu negócio ganha visibilidade. Ter um anúncio no topo dos resultados de pesquisa significa ser a referência nº 1 para todas as pessoas interessadas na palavra-chave comprada. Isso também significa que sua marca ganha reconhecimento e se destaca no nicho em que atua
  • Você atinge diretamente seu público-alvo. Os links patrocinados são direcionados aos seus clientes em potencial, pessoas que se encaixam no perfil de consumidor da sua empresa e estão em busca do produto ou conteúdo que você oferece
  • Os links patrocinados têm resultado rápido. Eles são uma maneira rápida e eficaz de divulgar a sua empresa, o que é muito útil para palavras-chave que se tornaram tendência repentinamente
  • É fácil acompanhar os resultados do investimento em links patrocinados. Com as ferramentas disponíveis no Google Adwords e o próprio sistema de CPC, é fácil acompanhar o retorno dos seus anúncios
  • A taxa de conversão é alta. Com grande visibilidade e bom direcionamento, não é a toa que os links patrocinados têm uma das maiores taxas de conversão comprovadas
  • O investimento em links patrocinados é estável. Ou seja, é um investimento com retorno seguro e previsível.

Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais vale tanto a pena investir em links patrocinados. Aumente a visibilidade da sua marca e alcance os seus clientes em potencial quando eles estão em busca do que você tem a oferecer. Invista.